janeiro 08, 2011

Mariano González


Depois de uma longa ausência, Mariano González está de volta aos convocados do FCPorto para o jogo de hoje contra o Marítimo. Não se sabe se jogará ou não mas é um regresso que provoca um misto de emoções fortes no meu coração de adepto. Por um lado, Mariano é aquele jogador lento, pastelão, com um técnica absurdamente pouco ortodoxa - é preciso lembrar o golo em Manchester e a falta de jeito que quase o impediu de concretizar um golo fácil? - e que ainda está no clube porque Jesualdo tinha nele o seu jogador preferido. Por outro, Mariano sempre levou com as críticas mais ferozes dos adeptos impacientes - minhas também, como é óbvio - que não conseguem aguentar mais de 10minutos a sua presença em campo e nunca se manifestou contra elas, foi sempre um profissional exemplar e até chega a fazer impressão a sua faceta anti-vedeta.
Esta sua ausência, e ao vê-lo todos os jogos ao meu lado na bancada com a família, fez com que sentisse falta de o assobiar, de gritar contra a falta de lucidez na decisão dos lances, no jeito tosco que parte para cada lance. Jogadores destes fazem sempre falta. Mas desde que não saiam muito do banco. Bem-vindo, Mariano.

1 comentário:

  1. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Construções